quinta-feira, 5 de junho de 2008


TÂNTRA - A ARTE DE AMAR


A sexualidade é considerada uma arte e uma ciência tanto na Ìndia como no Nepal, Tibet, China e Japão.A filosofia tântrica foidesenvolvida por um povo chamado drávida, há mais de cinco mil anos,numa região que hoje é a Ìndia.

Era uma civilização agrícola, que não tinha religião, que não era guerreira, e cultuava a mulher como uma deusa por ela poder gerar vida, tornando-se assim sagrada. O tântra sendo matriarcal promovia o uso dos sentidos e era contrária a qualquer manifestação de preconceito ou repressão.

Nessa ocasião este tântra dividia-se em duas vertentes: o da mão direita que considera que cada ser humano possui em si todos os pressupostos que lhe possibilitam alcançar o auto conhecimento e atingir a felicidade; e o da mão esquerda: que diz que a energia sexual inerente a cada um aoinvés de ser reprimida, deve ser canalizada para todos os sectores davida, gerando disposição e felicidade.Assim este tantra expande-sealém das fronteiras indianas, propiciando o surgimento do budismo tântrico - que elimina o ritual sexual- que une práticas sexuais tântricas e princípios do taoísmo.

Esse mesmo tantra representa a expressão mais plena de nossa totalidade; é a partir dele que nós nos conhecemos em comunhão com o outro, com a arte, com a natureza e com a vida. Resgata-nos também a arte de sentir, de expressar, de compartilhar, e de amar...é uma integração do físico, do emocional,do mental, do energético, do psíquico e do espiritual elevando o ser a um potencial holístico.

Na cosmologia tântrica, a constituição básica é fundamentada por três forças inseparáveis e unidas numa única energia que as complementa chamada SHAKTI, que é energia intuitiva de sabedoria, reconhecendo a mulher como um ser divino.Podemos classificá-las assim:

1°) "BRAHMA", representa o nascimento, situa-se ao lado direito docorpo subtil, chamado de "PINGALA";

este canal controla o fluxo de energia solar, que é ardente, expansivo, agressivo, arrogante,patriarcal, lógico e convencional.

2°)"VISHNU", representa a manutenção da existência, situa-se do lado esquerdo do corpo subtil, chamado de "IDA";

este canal controla o fluxo de energia lunar, que é instintiva, matriarcal, não convencional, contrativa, submissa, modesta, e fluídica.

3°)"SHIVA", representa a transformação , a transmutação de força transcendente daquilo que é negativo em nós, é o canal que une os dois anteriores em num só na base da coluna, dando por desperta aKUNDALINI, chamado de "SUSHUMNA";

este canal controla a evolução espiritual, e dá-nos condições de contatarmos com outros níveis de percepção, levando a seus praticantes uma maior sensibilidade,leveza, saúde, bem-estar, desenvolvimento interior, paz,felicidade, amor, auto-reconhecimento e auto-realização.

Essa tríade pode ser comparada da seguinte forma no nosso corpofísico:

a) Brahma é a nossa comida...

b) Vishnu é a nossa bebida...

c) Shiva é a nossa energia vital...Suas consortes são respectivamente:

a) Saraswati...

b) Lakshmi...

c) Kali...(ou Durga, ou Parvathi, aspectos da MESMA deidade).

Portanto tântra é: filosofia, ciência, arte, estilo de vida, energia sexual, energia vital, manutenção das energias, consciência e criatividade (não é em espécie alguma, o acto sexual puramente dito,como é difundido por aí de uma forma irresponsável por algumas escolas, somente para chamar a atenção e angariar mais alunos).

Sendo assim, o tântra é ético, respeitoso, sempre valorizando a si mesmo e o outro, é espontâneo, natural.Existe um dizer muito sábio que diz o seguinte:

"A união do homem e da mulher é como a união do céu e da terra.

Édevido ao seu CORRETO acasalamento que o céu e a terra duram para sempre.

Os seres humanos esqueceram-se deste segredo e por isso tornaram-se mortais. Conhecendo-o, o caminho para a imortalidade está aberto.

"Shang-ku-san-tai"

3 comentários:

Perla disse...

Muito interessante, amiga!

Beijinhos de bom fim de semana

O Profeta disse...

Esta brisa da tarde
Afaga as folhas com invisível mão
Arrasta consigo os sonhos perdidos
Soltos do encanto da real paixão


Boa semana

Doce beijo

LuzdeLua disse...

Sou como uma grande àrvore e meus amigos, minhas folhas acumuladas e juntas, que amenizam as tempestades da minha vida, de perto ou distantes.
E ainda há aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que quando o vento sopra, sempre aparece novamente entre uma folha e outra.
O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas.
Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações.
Mas o que me deixa mais feliz é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria.
Lembranças de momentos maravilhosos enquanto cruzavam o nosso caminho.
Desejo a você, folha da minha árvore, Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade...
Em gratidão pela força e ajuda, estou chegando e superando mais uma batalha desta que é a minha vida.
Obrigada sempre por estar por perto.
Um beijo grande em teu coração.

"Cada pessoa que passa em nossa vida é única. Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós".